Curso de Nutrição e Gastronomia

Combinando os Alimentos


     Nem sempre reunir em um prato a maior quantidade de alimentos saudáveis é o correto a se fazer. Isso porque, “muitos alimentos competem pelo mesmo tipo de absorção de nutrientes e acabam se prejudicando”.

Veja o que evitar:

- Refrigerante (ou chá preto) + carne vermelha: o ácido fosfórico do primeiro interfere na absorção do cálcio do segundo.

- Café + leite integral: a cafeína pode diminuir a absorção do cálcio, ferro e vitamina C do leite.

- Queijo + presunto (ou peito de peru): o ferro do presunto compete com o cálcio do queijo na absorção do intestino.
Mas calma! Existem combinações benéficas à saúde. Alguns alimentos, quando associados, melhoram ainda mais a absorção de nutrientes pelo organismo. 

Conheça algumas duplas poderosas:

- Arroz e feijão: o aminoácido do arroz junto ao do feijão forma uma proteína de alto valor biológico.

- Folhas verdes ou leguminosas e carnes: o ferro da carne melhora a absorção do ferro das folhas verdes e leguminosas.

- Castanha-do-pará e suco de larajna: a vitamina C melhora a absorção do selênio da castanha, aumentando a imunidade do organismo.

- Feijão e suco de limão: o organismo só absorve 10% do ferro do feijão. Mas quando o alimento é associado a uma fonte de vitamina C, a absorção sobe para 40%.

- Ovo e agrião: a vitamina D do ovo contribui para a absorção do cálcio do agrião.

- Espinafre e azeite extravirgem: as vitaminas lipossolúveis são melhor absorvidas na presença do azeite.

- Ervas e azeite extravirgem: os benefícios das ervas são liberados facilmente no azeite.

                   

Consulte seu Nutricionista

Qual seu tipo de corpo



Em qualquer destes tipos todo o corpo deve ser exercitado, inclusive a mente. Trabalhe da melhor forma possível para equilibrar suas formas.

Biotipos

Retângulo
Foco: abdômen e membros inferiores.
Pessoas com este biótipo geralmente são altas e magras, como as modelos de passarela e não possuem facilidade para engordar. Mas existem exceções e estas sim devem cuidar-se mais, realizando exercícios aeróbicos para evitar o excesso de gordura visceral. Membros inferiores devem ser trabalhados de forma efetiva para hipertrofia, pois neste caso geralmente o bumbum e as pernas são fracos.


Pêra:
Foco: quadris.
Para a oxidação (queima) de gordura desta região.
Os membros superiores devem ser exercitados para hipertrofia e os inferiores para resistência muscular. Aeróbicos também devem ser realizados para diminuir ou evitar o acúmulo de gordura na região de quadril e glúteos.


Triângulo invertido
Foco: membros inferiores.
Para a hipertrofia desta região.
Como os ombros deste tipo são por natureza, mais largos, o objetivo é aumentar o volume dos membros inferiores a fim de deixar esta forma mais equilibrada.


Ampulheta:
Treino geral.
A maioria das mulheres gostaria de possuir este tipo onde a cintura é bem marcada e as medidas de ombro e quadris são as mesmas. Então basta trabalhar todo o corpo de forma proporcional.


Oval ou Maçã:
Treino geral.
Neste caso geralmente já existe sobrepeso, então deve-se trabalhar com exercícios aeróbicos para diminuir gordura corporal de todo o corpo.


Cada corpo é diferente e cada tipo de silhueta tem os seus pontos fortes e os seus pontos mais fracos. A questão não é dizer que uma silhueta é mais bonita do que outra, mas tentar acentuar nossos pontos fortes e criar um equilíbrio tanto no corpo, como de nosso espírito para nos sentirmos confiantes.

Consulte o Nutricionista e o Educador Físico!

Alimentos que nutrem sua pele

Confira os alimentos que devemos evitar e os alimentos que devemos comer para combater a flacidez:

Evite os alimentos:

- Açúcar, refrigerantes e todos os tipos de doces: O açúcar, presente em grande quantidade nestes alimentos, se transforma em radical livre, uma molécula muito perigosa, capaz de destruir o colágeno e a elastina da nossa pele, deixando-a flácida e enrugada. Por isso, se você quer ter a pele mais firme por mais tempo, evite ao máximo consumir estes tipos de alimento.

- Carne Vermelha: É outro alimento gerador de grandes quantidades de radicais livres altamente destruidores e perigosos tanto para a saúde como para a pele. Por ser mais rica em ferro, a carne vermelha é capaz de acelerar o processo de oxidação das proteínas da pele levando ao envelhecimento precoce e à flacidez.

- Bebidas alcoólicas: Outro alimento altamente gerador de radicais livres que destroem o colágeno e a elastina que dão sustentação para a pele. Evite-as!

Alimentos liberados:

- Aveia e cereais integrais: Na casca da aveia e em todos os cereais integrais, como o arroz e o trigo, está presente o poderoso mineral silício, um dos elementos mais importantes para a firmeza da pele. O silício atua diretamente no colágeno e na elastina estimulando sua fabricação e protegendo-os contra a destruição.

- Chá verde: Duas a três xícaras diárias de chá verde preparado na hora e sempre após as refeições são capazes de aumentar a firmeza e combater a flacidez da pele. O chá verde, e também seus similares (o chá branco e o chá vermelho) são riquíssimos em substâncias antioxidantes chamadas polifenóis que combatem os radicais livres que atacam o colágeno e a elastina da nossa pele causando a flacidez.

- Acerola: Esta é uma das frutas mais ricas em vitamina C do mundo. Além disso, possui betacaroteno e polifenóis antioxidantes. Mas tem que ser a fruta fresca ou congelada. Faça diariamente um suco com pelo menos 10 frutinhas batidas no liquidificador com água ou suco de laranja e beba logo em seguida para que nenhuma vitamina C se perca. Assim você estará ingerindo uma boa quantidade de vitamina C importantíssima para a fabricação da elastina e do colágeno que dão firmeza e sustentação à pele.

- Chocolate com 70% de cacau: Ao contrário dos chocolates comuns que são ricos em açúcar e gordura e só servem para engordar, os chocolates com 70% de cacau são ricos em polifenóis mais poderosos que os do vinho tinto. Ele faz uma verdadeira limpeza dos radicais livres da nossa pele ajudando na proteção do colágeno e da elastina. E basta uma barrinha de 20 gramas diárias para que você possa usufruir desta delícia que ajuda a firmar a pele.

- Castanha-do-Pará: Apenas cinco unidades diárias já fornecem todo selênio, um dos mais preciosos minerais quando o assunto é saúde e beleza da pele, que precisamos para manter nosso colágeno protegido. Isso sem contar que também são ricas em ômegas-3 e 6 que firmam a pele por melhorar a hidratação de dentro para fora.



Consulte o Nutricionista!

Alimentos que influenciam no seu humor

   A serotonina é um neurotransmissor que atua no cérebro regulando o humor, o sono, a atividade sexual, o apetite, o ritmo cardíaco, teperatura corporal, sensibilidade à dor, movimentos e as funções intelectuais.

    A baixa concentração de serotonina no organismo pode levar ao aparecimento de sintomas como:
- mau humor de manhã;
- sonolência durante o dia;
- inibição do desejo sexual;
- vontade de comer doces;
- comer a toda hora;
- dificuldade no aprendizado;
- distúrbios de memória e de concentração;
- irritabilidade;
- cansaço;
- ficar sem paciência.

    E para livrar-se de todos estes sintomas, basta aumentar a taxa de serotonina, através da alimentação e fazer alguma atividade física todos os dias.

Alguns alimentos ricos em triptofano que servem para aumentar a taxa de serotonina no organismo, são:
- chocolate amargo;
- vinho tinto;
- banana;
- abacaxi;
- tomate;
- carnes magras;
- leite e seus derivados;
- cereais integrais;
- castanha do Pará.

    Alimentos como estes devem ser consumidos diariamente, em pequenas proporções, várias vezes ao dia. Um bom exemplo disso, é tomar uma vitamina de banana com castanha do Pará no café da manhã, comer um peito de frango grelhado com salada de tomate e tomar 1 taça de vinho tinto horas antes de dormir.


Problemas causados por legumes e vegetais mal lavados

    Parasitas, salmonela e botulismo, doença que causa paralisia muscular, são algumas das causas de alimentos mal lavados. Os sintomas são diarreia, vômito, dores abdominais e fraqueza. Para prevenir tudo isso, é preciso ter cuidado até mesmo com as hortaliças embaladas em saquinhos prontas para consumo, vendidas em supermercados.

    A coordenadora da Unidade Técnica de Doenças de Veiculação Hídrica e Alimentar do Ministério da Saúde, Rejane Alves, conta como alface, agrião, rúcula e outras hortaliças devem ser lavadas antes de comer. “Antes de preparar qualquer alimento, é preciso lavar bem as mãos porque através das mãos a gente contamina os alimentos. É necessário também eliminar o máximo possível as sujeiras de utensílios, como colher, faca e prato. É importante lavar os alimentos quando chegam da feira, supermercado, e fazer a desinfecção dos alimentos com hipoclorito de sódio a 2,5%. Eu coloco uma colher de sopa por litro de água, mergulho esses alimentos nessa solução e aguardo 30 minutos para depois retirar e deixar um tempo fora da geladeira para poder depois consumir.”

    Segundo Rejane Alves, cozinhar os alimentos que podem ir ao fogo também é uma boa forma de se prevenir contra doenças. “Outra coisa é cozinhar bem os alimentos em uma temperatura adequada e conservar na geladeira. Então uma coisa que a gente orienta é comer frio o que tem que ser frio e quente o que é quente. O aquecimento prévio do alimento de modo geral até que atinja no interior do alimento uma temperatura que destrua as toxinas, as bactérias, isso é importante também.”
Para diminuir o risco de contaminação, a Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta que os agricultores não devem usar esterco animal nas plantações de verduras e legumes.

Consulte o Nutricionista!

Nutricionista ou Nutrólogo?

   Nutricionista ou nutrólogo? Qual desses profissionais consultar quando queremos emagrecer? De preferência os dois. Ambos têm vastos conhecimentos sobre as propriedades de cada alimento. Mas tanto sua formação quanto a estratégia para perder peso, são diferentes. Confira:

   Nutricionista é o profissional que estudou nutrição na graduação por 4 anos. Após a faculdade, cada um segue uma área de especialização que pode ser UAN (unidade de alimentação e nutrição - cozinha), nutrição clínica (fazendo nutrição em situação de doenças e também na saúde) ou saúde pública.

   Nutrólogo é um profissional que estudou medicina na graduação e depois fez algum curso ou residência em nutrição por, no máximo, um ano. Pela legislação esse profissional só pode atuar dentro de hospitais, como parte de uma equipe multidisciplinar, e apenas em nutrição enteral (via sonda) e parenteral (por veia).      
   Não é permitido a esse profissional a prescrição de dietas por via oral (boca), uma vez que, como vc viu acima, ele não está preparado para isso.
   Com especialização em doenças provocadas pela alimentação inadequada, o nutrólogo é capaz de avaliar carências de nutrientes no organismo, além de tratar obesidade e infecções gastrintestinais.